5 dicas para começar a trabalhar com logística

Escrito por em 18/05/2022

Se tem uma função que toda empresa precisa de um profissional, sem dúvida nenhuma é na Logística. Toda empresa que quer crescer precisa saber se organizar, saber qual a forma mais eficiente de fazer suas funções, e por conta disso a pessoa que trabalha com logística tem sempre espaço no mercado de trabalho, e sempre conseguindo ganhar bons salários, e segundo pesquisas, esse bom salário pode chegar a até 45 mil reais.

Sabendo disso, você resolveu investir em si mesmo e  começar nesse ramo, existe muito aprendizado pela frente, e podemos afirmar que nesse mundo você nunca para de aprender. Isso porque o mundo evolui, os trabalhos evoluem e você tem a obrigação de evoluir junto. 

Portanto, para você não se tornar um profissional obsoleto, hoje vamos ajudar você com as melhores dicas para começar a trabalhar com logística, e já começar no mercado de trabalho como um profissional atualizado.

 

Sempre esteja por dentro dos avanços tecnológicos

 

Quando falamos sobre trabalhos modernos e empresas da atualidade, é preciso ter em mente que a tecnologia é a sua maior aliada. Ela vai facilitar a vida de praticamente todos os segmentos do mundo hoje. 

Vai fazer uma otimização de rotas para transportadoras? Vai fazer algo relacionado à internet em uma grande empresa? Vai otimizar o maquinário agrícola? Todas essas opções são de setores diferentes, e o que todas têm em comum é que a tecnologia é o que vai permitir todas essas mudanças. 

E o mais importante é ter em mente que a tecnologia está em constante evolução, e sempre vai aparecer algo novo que a empresa pode se aproveitar e estar à frente da concorrência, afinal, não adianta migrar para algo novo por último, quando todo mundo já está na sua frente. 

 

Consiga trabalhar sob pressão 

Você provavelmente ficou bem animado quando leu o valor do salário que um profissional de logística pode chegar, mas é que a vida de adulto chega até você: não existe salário fácil, e o profissional dessa área pode ter que trabalhar sob alta pressão. 

Isso porque quando falamos de logística, estamos falando de alguém que está lá para tentar fazer com que algo renda mais, e por isso você vai ter que lidar com muitos problemas. Esses problemas vão aparecer em todas as formas, desde entregas atrasadas, funcionários problemáticos, problemas com máquinas e tudo mais que você possa pensar. 

E isso vai exigir que o profissional faça escolhas difíceis sob pressão, e, ao mesmo tempo, fazer com que a empresa consiga cumprir alguns prazos que se comprometeu a cumprir, e você vai ter que fazer das tripas coração para conseguir ir adiante com tudo isso. É aí que mora o diferencial do profissional, que consegue lidar com tudo isso de forma profissional e inteligente.

 

Não pare de estudar

 

Como já dissemos, o mercado de trabalho está vivo, ele não para, as empresas crescem, fecham, mudam completamente e você precisa sempre entender o que está acontecendo. Então além da sua formação básica, que é sim muito importante, é importante estar sempre se atualizando. 

E entenda, não estamos falando só de graduação extra para você deixar seu currículo mais bonito, estamos falando realmente de novos aprendizados, de deixar a sua capacidade como profissional maior, já que no ramo de logística, por mais que o currículo desempenha um papel, o que manda de verdade é a sua capacidade na hora do trabalho, o que gera recomendações, que acabam sendo ainda mais importantes do que um pedaço de papel. 

Sempre fique de olho em novos cursos profissionalizantes que podem ajudar você a catapultar o seu conhecimento e fazer de você um profissional único no processo.

 

Fale outras línguas

 

A sua língua não pode de forma alguma ser uma barreira. E novamente temos que falar de salários que, afinal, o salário grande que citamos sem dúvida nenhuma vai estar nas multinacionais. 

E para trabalhar em uma empresa desse porte você definitivamente tem que falar outras línguas. A primeira é clara é o inglês, que praticamente é a segunda língua do mundo hoje, e com ele afiado você certamente já vai estar naturalmente à frente de diversos outros candidatos a sua vaga.

No entanto, não é por isso que línguas como espanhol e o francês devem ser deixados de lado, já que são duas línguas que também tendem a ser bem usadas no mundo empresarial, principalmente para empresas que fazem negócios na Europa.

 

Pesquise bem seu cliente

Se você vai trabalhar em uma empresa, o seu trabalho de pesquisa e dentro tem que ser sério, você precisa conhecer perfeitamente a empresa para qual você vai trabalhar, e não apenas o setor que você for trabalhar, caso ele seja específico.

Esse conhecimento vai permitir que você faça mais, e faça melhor, já que você vai poder ver tudo de uma ótica mais ampla.


Opiniões dos leitores

Deixar um comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.Campos obrigatórios marcados com *



[Não há estações de rádio no banco de dados]